Roxx 2 metal gas vs electric oven efficiency

###########

Os suecos do melódico hard rock da velha escola Captain Black Beard regressam com o álbum número dois, Before Plastic, que vem depois de sua estreia extremamente bem-vinda de 2011. Desta vez, o quarteto também tocou com um trio de convidados especiais, guitarristas para dar uma mão, ou seja, Bruce Kulick (KISS, Grand Funk Railroad, Union), Tommy Denander (Imperia, Radioactive) e Mats Karlsson (220 Volt, The Summit). gas x strips instructions Os rockers têm um ritmo acelerado, riffs cativantes e refrões cheios de ganchos, são ouvidos em abundância, e os Captain Black Beard provam serem capazes de fazer o som do álbum ser novo e original, apesar de estarem passando por um terreno bem trilhado.

Before Plastic é o acompanhamento perfeito para aqueles verões quentes, quando só quiseres relaxar com um som da velha escola sem procurar muito em substância e profundidade dá uma olhada em títulos como ‘Keep On Drivin’, ‘Shout’ e ‘Life’s What You Make It’ e eles falam muito por si. As contribuições dos convidados especiais são excelentes, mas não prejudicam a forte energia que a banda exibe. No geral, este é um álbum que é fácil e agradável para os ouvidos que implora para ser tocado ao vivo e deve ganhar muito mais novos admiradores.

Até que ponto esta abordagem funciona para a banda? Bem, desde a primeira música até a última, o álbum beneficia da simplicidade direta e lúdica que definiu os primórdios do power metal; de fato, os ‘Royal Jester’ não cansam o ouvinte em nenhum momento, ao contrário, ele fornece uma dose substancial de power metal que realmente enche o ouvinte de energia.

A primeira metade de "Breaking the Chains" é comovente, "Here We Are" tem uma vibração Hammerfall, mas sempre acoplada coros que parece uma performance antiga e gloriosa de Joacim Cans, além dos solos sempre divertidos e de bom gosto do par Allard / Viklund , também este último usado há 10 anos em três álbuns dos Reinxeed como baixista. gas leak A seguir, mais rítmica é "Forevermore" outra grande música, onde toda a sua atmosfera nos Royal Jester é esmagadoramente forte, com várias referências ao maravilhoso "Born Again", do primeiro álbum, mas continua com outra obra-prima como "From the Ashes", no qual ecoa os velhos Nocturnal Rites, estão entrelaçados com elementos épicos para resultar num dos coros mais viciante e conseguiu, impossível de resistir!

"Long Way Home" uma balada quase fora de contexto, embora agradável, e rock muito breve "Lightning Strikes" ligeiramente abaixo da média de "Breaking the Chains", há as outras músicas que levam tudo de volta aos trilhos, a partir do grave e pesado "Sands of Time" a partir do tema "Cry On Forever" trouxe à mente algo do início dos Edguy, até que os dois últimos magníficos temas "March of the Jester" tem uma postura dramática e com um andamento muito intenso, e a final "Time of Our Lives" com uma dupla personalidade, com um início que parece feito de nuvens negras no horizonte, mas que são sucessivamente rasgadas por um vislumbre inesperado da luz solar no refrão inesquecível, mais uma vez emocionante, atraente e que nos deixa orgulhosos de ouvir esta música .

Os The Electric Alley são de Espanha, mas poderiam muito bem ser da América, já que não ficam atrás dos mais famosos grupos americanos de hard rock dos anos 70 e 80. 1 unit electricity cost in tamilnadu Isso também é mais notável porque eles cantam em inglês. Desde o seu primeiro álbum, "Backward States Of Society", já se viu que era uma banda que iria longe, e eles não estão parando de crescer desde então.

No seu último LP, "Turning Wheels", eles não mudaram em nada essa essência do hard rock que os caracteriza muito. Mesmo assim, podes ver alguns pequenos tons de blues e rock and roll. 4 other gases in the atmosphere Em todo o álbum "Turning Wheels" podemos ouvir a essência do grupo dando 200% em cada música. A voz de Jaime faz o ouvinte vibrar desde o primeiro segundo em que emite um som pela boca, mas o resto não fica para trás, já que a guitarra de Nando e o baixo de Sergio entram em perfeito diálogo e harmonia. electricity and magnetism pdf E, evidentemente, o sustento rítmico que Rafa recebe com sua bateria é excelente.

Parece que as músicas não são escolhidas aleatoriamente em termos de sua posição no álbum, já que não pode ser coincidência começar com "Celebration", uma música totalmente feliz e que pode ser um começo muito claro para a festa. No centro eles intercalaram canções igualmente emocionadas e felizes, mas também algumas baladas, como "Rusty". E assim, chegar à última música, chamada "Goodbye", com a qual o grupo se despede, esperançosamente, apenas neste álbum, e o título não poderia ser mais claro. Sem dúvida, nada é deixado ao acaso neste trabalho.