Transtorno de estresse pós-traumático – wikipédia, a enciclopédia livre gas in babies

############

Perturbação de stresse pós-traumático (PSPT) ( português gas tax by state europeu) ou transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) ( português brasileiro) é uma perturbação mental que se pode desenvolver em resposta à exposição a um evento traumático, como agressão sexual, guerra, acidente de viação ou outro tipo de ameaças à vida da pessoa. [1 ] Os sintomas mais comuns são pensamentos, sentimentos ou sonhos perturbadores relacionados com o evento traumático, stresse físico ou psicológico perante a exposição a indícios ou recordações do trauma, esforço para evitar situações que recordem o trauma, alterações na forma de pensar e sentir e aumento da reação de lutar ou fugir. [1 ] [3 ] Estes sintomas devem estar presentes durante mais de um mês após o evento traumático. [1 ] A probabilidade de uma criança mostrar sintomas de stresse é menor, podendo expressar as suas memórias ao brincar gas bloating frequent urination. [1 ] A pessoa com PSPT apresenta um risco acrescido de cometer suicídio e automutilação intencional. [2 ] [6 ]

A maior parte das pessoas que é exposta a um evento traumático não desenvolve PSPT. [2 ] A probabilidade de vir a desenvolver a condição é maior em pessoas que vivenciam traumas interpessoais, como por exemplo violação ou abuso infantil, em comparação com as pessoas que vivenciam traumas sem agressão, como acidentes de viação e desastres naturais. [7 ] Cerca de metade das vítimas de violação desenvolvem PSPT. [2 ] A probabilidade das crianças desenvolverem a condição na sequência de um trauma é menor que a dos adultos, sobretudo em idade inferior a dez anos. [8 ] O diagnóstico baseia-se na presença de sintomas específicos na sequência de um evento traumático. [2 ]

É possível prevenir o aparecimento da condição mediante terapia comportamental em pessoas que manifestam sintomas iniciais, embora não seja eficaz quando realizada em todas as pessoas expostas ao trauma. [2 ] O tratamento de pessoas electricity icon com PSPT é feito com aconselhamento psiquiátrico e medicação. [3 ] Existem diversos tipos de terapia com efeito positivo. [9 ] A terapia pode ser individual ou em grupo. [3 ] A medicação de primeira linha no tratamento de PSPT são antidepressivos do grupo dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina, os quais demonstram ser eficazes em cerca de metade das pessoas. [4 ] No entanto, os benefícios da medicação são inferiores aos da terapia. [2 ] Não é ainda claro se a associação de medicação e terapia apresenta maiores benefícios. [2 ] [10 ] O uso de outros medicamentos não é apoiado por evidências suficientes e, no caso das benzodiazepinas, pode até agravar o prognóstico. [11 ] [12 ]

Na maior parte dos países, em dado ano a condição afeta entre 0,5% e 1% dos adultos. [1 ] A incidência é maior em zonas de conflito armado. [2 ] A condição é mais comum entre mulheres. [3 ] Os sintomas de perturbações mentais associadas a eventos traumáticos têm sido documentados desde pelo menos physics c electricity and magnetism formula sheet a Antiguidade Grega. [13 ] O estudo da condição intensificou-se durante hp gas kushaiguda phone number as duas guerras mundiais, sendo então conhecido por vários termos, como neurose de combate. [14 ] O termo perturbação de stresse pós-traumático começou a ser usado na década de 1970 para descrever o diagnóstico de veteranos norte-americanos da Guerra do Vietname. [15 ] A Associação Americana de Psiquiatria reconheceu o termo em 1980 durante a publicação da terceira versão do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-III). [16 ]

• ↑ a b Berger, W; Mendlowicz, MV; Marques-Portella, C; Kinrys, G; Fontenelle, LF; Marmar, CR; Figueira, I (17 de março de 2009). «Pharmacologic alternatives to antidepressants in posttraumatic stress disorder: a systematic review.». Progress in neuro-psychopharmacology biological psychiatry. 33 (2): 169–80. PMC 2720612 . PMID 19141307. doi: 10.1016/j.pnpbp.2008.12.004

• ↑ National Collaborating Centre for Mental Health (UK) (2005). «Post-Traumatic Stress Disorder: The Management of PTSD in Adults and Children in Primary and Secondary Care». NICE Clinical Guidelines, No. 26. Gaskell (Royal College of Psychiatrists). Cópia arquivada em 8 de setembro de 2017. Resumo divulgativo – Pubmed Health (plain English)

• ↑ Hoskins, M.; Pearce, J.; Bethell, A.; Dankova, L.; Barbui, C.; Tol, WA.; van Ommeren, M.; de Jong, J.; Seedat, S. (fevereiro de 2015 electricity questions grade 6). «Pharmacotherapy for post-traumatic stress disorder: systematic review and meta-analysis.». Br J Psychiatry. 206 (2): 93–100. PMID 25644881. doi: 10.1192/bjp.bp.114.148551. Some drugs have a small positive impact on PTSD symptoms

Perturbação de stresse pós-traumático (PSPT) ( português europeu) ou transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) ( português brasileiro b games basketball) é uma perturbação mental que se pode desenvolver em resposta à exposição a um evento traumático, como agressão sexual, guerra, acidente de viação ou outro tipo de ameaças à vida da pessoa. [1 ] Os sintomas mais comuns são pensamentos, sentimentos ou sonhos perturbadores relacionados com o evento traumático, stresse físico ou psicológico perante a exposição a indícios ou recordações do trauma, esforço para evitar situações que recordem o trauma, alterações na forma de pensar e sentir e aumento da reação de lutar ou fugir. [1 ] [3 ] Estes sintomas devem estar presentes durante mais de um mês após electricity usage calculator spreadsheet o evento traumático. [1 ] A probabilidade de uma criança mostrar sintomas de stresse é menor, podendo expressar as suas memórias ao brincar. [1 ] A pessoa com PSPT apresenta um risco acrescido de cometer suicídio e automutilação intencional. [2 ] [6 ]

A maior parte das pessoas que é exposta a um evento traumático não desenvolve PSPT. [2 ] A probabilidade de vir a desenvolver a condição é maior em pessoas que vivenciam traumas interpessoais, como por exemplo violação ou abuso infantil, em comparação com as pessoas que vivenciam traumas sem agressão, como acidentes de viação e desastres naturais. [7 ] Cerca de metade das vítimas de violação desenvolvem PSPT. [2 ] A probabilidade das crianças desenvolverem a condição na sequência de um trauma é menor que a dos adultos, sobretudo em idade inferior a dez anos. [8 ] O diagnóstico baseia-se na presença de sintomas específicos na sequência de um evento traumático. [2 ]

É possível prevenir o aparecimento da condição mediante terapia comportamental em pessoas que manifestam sintomas electricity worksheets for 4th grade iniciais, embora não seja eficaz quando realizada em todas as pessoas expostas ao trauma. [2 ] O tratamento de pessoas com PSPT é feito com aconselhamento psiquiátrico e medicação. [3 ] Existem diversos tipos de terapia com efeito positivo. [9 ] A terapia pode ser individual ou em grupo. [3 ] A medicação de primeira linha no tratamento de PSPT são antidepressivos do grupo dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina, os quais demonstram ser eficazes em cerca de metade das pessoas. [4 ] No entanto, os benefícios da medicação são inferiores aos da terapia. [2 ] Não é ainda gas vs electric heat claro se a associação de medicação e terapia apresenta maiores benefícios. [2 ] [10 ] O uso de outros medicamentos não é apoiado por evidências suficientes e, no caso das benzodiazepinas, pode até agravar o prognóstico. [11 ] [12 ]

Na maior parte dos países, em dado ano a condição afeta entre 0,5% e 1% dos adultos. [1 ] A incidência é maior em zonas de conflito armado. [2 ] A condição é mais comum entre mulheres. [3 ] Os sintomas de perturbações mentais associadas a eventos traumáticos têm sido documentados desde pelo menos a Antiguidade Grega. [13 ] O estudo da condição intensificou-se durante as duas guerras mundiais, sendo então conhecido por vários termos, como neurose de combate. [14 ] O termo perturbação de stresse pós-traumático começou a ser usado na década de 1970 para descrever o diagnóstico de veteranos norte-americanos da Guerra do Vietname. [15 ] A Associação Americana de Psiquiatria reconheceu o termo em 1980 durante a publicação da terceira versão do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-III). [16 ]

• ↑ a b Berger, W; Mendlowicz, MV; Marques-Portella, C; Kinrys, G; Fontenelle, LF; Marmar, CR; Figueira, I (17 de março de 2009). «Pharmacologic alternatives to antidepressants in posttraumatic stress disorder: a systematic review.». Progress in neuro-psychopharmacology biological psychiatry. 33 (2): 169–80. PMC oil n gas prices 2720612 . PMID 19141307. doi: 10.1016/j.pnpbp.2008.12.004

• ↑ National Collaborating Centre for Mental Health (UK) (2005). «Post-Traumatic Stress Disorder: The Management of PTSD in Adults and Children in Primary and la gasolina cancion Secondary Care». NICE Clinical Guidelines, No. 26. Gaskell (Royal College of Psychiatrists). Cópia arquivada em 8 de setembro de 2017. Resumo divulgativo – Pubmed Health (plain English)

• ↑ Hoskins, M.; Pearce, J.; Bethell, A.; Dankova, L.; Barbui, C.; Tol, WA.; van Ommeren, M.; de Jong, J.; Seedat, S. (fevereiro de 2015). «Pharmacotherapy for post-traumatic stress disorder: systematic review and meta-analysis.». Br J Psychiatry. 206 (2): 93–100. PMID 25644881. doi: 10.1192/bjp.bp.114.148551. Some drugs have a small positive impact on PTSD symptoms